Sem Desperdício!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *



Cinco comidas que o brasileiro melhorou

Strogonoff na pizza e cream cheese no sushi: receitas que são a nossa cara

sushi com cream cheese

O Brasil tem um povo muito criativo e quando se trata de comida não é diferente. Como um país de imigrantes, recebemos muitas receitas de outras culturas, e, com o tempo, "abrasileiramos" diversas iguarias clássicas. Basicamente, a gastronomia nacional tem mais ingredientes e são bem mais "recheadas" de tudo o que é gostoso. Confira a lista do Peixe Urbano de alguns de pratos que receberam a gourmetização no jeitinho brasileiro:

Pizza: a iguaria italiana possui massa fina, molho leve e poucas opções de recheio, a maioria é tradicional e com pouca mistura de queijos. Já no Brasil são incluídos quatro ou cinco tipos de queijos e dezenas de ingredientes. Novidades como churrasco, strogonoff e até borda de coxinha podem ser encontrados por aqui.

Sushi: no Japão, o prato é mais simples: não vai tempero no arroz, e o peixe ou camarão também possuem um gosto mais suave. Por lá, os sushis não são mergulhados no molho e não se mistura queijo, morango, kiwi, cebolinha ou apetrechos nas peças. Receitas contendo esses ingredientes, bem como cream cheese ou requeijão, além do "hot roll" são 100% brasileiras.

Cachorro-quente: tanto a versão alemã, da onde surgiu o alimento, quanto a dos EUA, local que o popularizou, são bem sem graças se comparadas à nossa. O hot dog germânico é servido com um pão, salsicha artesanal e mostarda. Os norte-americanos conseguiram simplificar ainda mais, utilizando a salsicha industrializada. O "dogão" brasileiro pode vir com uma quantidade quase infinita de complementos, desde o indispensável molho de tomate e batata palha até purê de batata.

Churros: o doce espanhol é apenas uma massa frita empanada em açúcar, sem nenhum tipo de recheio ou cobertura. Os brasileiros resolveram que podia melhorar, então rechearam o quitute com doce de leite, creme, chocolate, creme de avelã, etc. Também há versões com cobertura, salpicadas com confeitos e outras que vêm sem nada para serem "mergulhados" em algo. Temos até a opção servida em uma barca.

Parmegiana: é outra receita originalmente italiana que passou por muitas mudanças quando veio para cá. Na versão original só existe a berinjela empanada e não o filé, como conhecemos. Por aqui podem ser encontrados carne ou frango à parmegiana que ainda vem acompanhado de arroz e batata.

Unhas: Como manter as cutículas hidratadas no inverno

Confira algumas dicas sobre cuidados com as unhas na estação mais fria do ano


Com a chegada das temperaturas mais baixas, algumas mudanças afetam a pele, unhas e cabelos, principalmente por conta do ar seco. Diante deste cenário, banhos quentes e o pouco consumo de água se tornam cada vez mais comuns e acabam favorecendo o ressecamento. As cutículas estão na lista das partes do corpo que sofrem durante este período e para garantir a hidratação em dia, Lajara Graciano, que atende pela Singu, marketplace de beleza e bem-estar, separou algumas dicas sobre o assunto.

1. Esfoliação
Para que as cutículas não fiquem enrijecidas, com rachaduras ou pelinhas saltadas, é fundamental esfolia-las semanalmente para eliminar as peles mortas. O ideal é realizar processo com um creme suave e utilizar protetor solar ao finalizar. "É importante que o esfoliante utilizado seja específico para as mãos ou para o rosto, porque os que são feitos para o corpo costumam ser muito abrasivos", explica Lajara.

2. Abuse dos cremes e óleos
Quando as cutículas estão desidratadas, o aspecto de descuido toma conta das mãos e por isso é importante hidratá-las todos os dias. O mercado já oferece diversos produtos voltados para o cuidado das unhas e mãos, mas se você preferir um tratamento caseiro, pode optar pelo óleo de cravo, que além de hidratar, possui ação anti-fúngica. "A parafina pode se tornar uma aliada também. Apesar de inusitado, o material em estado morno oferece ótimos resultados", completa a profissional.

3. Fuja dos banhos quentes
Basta a temperatura cair, que o chuveiro com água - bem - quente torna-se o melhor amigo das mulheres, porém esta prática é extremamente prejudicial as cutículas por ressecá-las imediatamente. Aposte em um banho morno para que não haja desgastes na região.

4. Beba água
A hidratação de qualquer parte do corpo vem de dentro para fora e por isso é essencial turbinar o consumo do líquido durante esta época. "Carregar uma garrafinha d'água é uma alternativa para não esquecer de beber com regularidade", finaliza Lajara.

Dica: aprenda a conservar os vegetais por mais tempo

O branqueamento, antes de congelar, ajuda a manter a composição dos alimentos, além de conservar seus nutrientes

Congelar alimentos, principalmente o grupo de vegetais, é uma forma muito saudável e funcional de preservar a vida útil deles. A ação de branqueá-los, por exemplo, antes de levar ao freezer, é uma das técnicas mais eficazes para conservar os nutrientes de maneira correta.
O melhor é que fazendo o congelamento adequado, além de poder aproveitar os alimentos por mais tempo, você ainda preserva seu sabor.
É por isso que a Fortaleza, marca de massas, biscoitos e torradas da M. Dias Branco, dá algumas dicas simples de como branquear e manter a composição dos vegetais, assim você poderá usá-los em diversos preparos sem ter pressa. Confira:
  • Encha uma vasilha com água fria. Acrescente cubos de gelo e água gelada, ou apenas água gelada, e leve ao freezer. Deixe por 3 minutos, retire e acrescente os vegetais. Espere até que estejam bem gelados.
  • Cozinhe. Leve ao fogo uma panela com bastante água e sal, deixe ferver. Com uma escumadeira, transfira os vegetais para a água fervente. Coloque, a seguir, a vasilha no freezer para que a água volte a ficar gelada. Cozinhe os vegetais até que estejam quase no ponto, ainda bem crocantes: o tempo varia de acordo com o tipo de legume ou verdura.
  • Coloque os vegetais novamente na água gelada. Com uma escumadeira, retire-os da panela, escorra o excesso de água e coloque-os na água gelada, para interromper o cozimento. Isso pode ser feito com varias horas de antecedência do momento em que você for prepará-los e servir.

Pão francês integral: 4 jeitos de servir e como fazer

Chef Raimundo Marques, da padaria Croissant D'or, compartilha receita e dá dicas de como consumir a opção queridinha entre os clientes

pão francês integral padaria croissant campinas

Versátil, prático e rico em fibras, o pão integral ganha cada vez mais espaço na mesa dos brasileiros. Uma boa alternativa para todas as refeições, pode ser usado em entradas, acompanhamentos e lanches rápidos. Saborosa e nutritiva, a iguaria está entre os itens mais procurados na padaria Croissant D'or, no Cambuí.

"O bacana do pão francês integral é que, além de gostoso, é fácil de fazer e pode ser servido de diversas formas. As pessoas sempre me pedem sugestões gastronômicas rápidas e ele proporciona diversas alternativas, das básicas até as mais sofisticadas", explica o padeiro.   

Com mais de 30 anos de carreira, Marques dá ideias de como inovar na criação e fugir da mesmice na hora de servir.

Couvert - Ideal para entradas, nesse caso, o pãozinho não deve ser cortado com a faca, mas sim com os dedos e levado à boca com as mãos. Pode ser acompanhado por patés, antepastos e queijos;

Croutons - Crocantes e conhecidos também como torradinhas, são ótimos petiscos e acompanhamentos para saladas, caldos e sopas. A dica do chef é usar a imaginação na hora de preparar: tempere com pimentas, sal, orégano e azeite;

Bruschettas - De origem italiana, o aperitivo harmoniza com vinhos e cervejas e a variedade de sabores agrada todos os paladares. Recheios de tomate, shimeji, abobrinha, gorgonzola e presunto são boas pedidas;

Lanches - Frio ou quente, simples ou mais elaborado, aqui, a complexidade fica à gosto e disponibilidade de cada um. O famoso mineirinho, com queijo minas, tomate e orégano é carro-chefe no estabelecimento.

chef marquinhos padaria croissant campinas

Receita 
Pão francês integral - Padaria Croissant D'or

Ingredientes
1kg farinha de trigo integral
4 xícaras de água
1 colher de sopa de sal
1 colher de açúcar
2 saches de fermento biológico seco
1/4 de copo de óleo de canola


Modo de preparo

Em uma vasilha grande, coloque a farinha e o óleo e, em outra, o açúcar, o sal e o fermento. Misture um pouco de água até ficar homogêneo. Junte o fermento e a farinha. Adicione, aos poucos, água morna até que forme uma massa lisa e solta. Cubra com plástico filme e aguarde a massa duplicar o tamanho. Após esse processo, abra a massa com o rolo, molde os pães e leve para assar por aproximadamente 30 minutos à 180 graus.

Sobre a Croissant D'or

Em atividade desde 1988, a padaria é sinônimo de qualidade e praticidade para os campineiros. Produtos exclusivos, trazidos de países como Suíça, França e Itália, embelezam as vitrines e competem pela atenção dos clientes com elaborações autênticas e nacionais. Campeão de vendas, o Croissant é vendido no estilo clássico ou recheado à moda mineira, com queijo branco, tomate, orégano e azeite. Também carro-chefe da casa, o Mil Folhas é elaborado com massa folhada e creme de baunilha. O cardápio também atende aqueles que procuram por alimentos balanceados, ricos em fibras, sem açúcar e gorduras trans. Lanches naturais, tapiocas e crepiocas são opções para refeições rápidas e saudáveis.

Além dos serviços de padaria e confeitaria, o estabelecimento conta com adega e mercearia, com produtos nacionais e importados. O estacionamento com manobrista é cortesia para os clientes.

Serviço - Croissant D'or

Endereço: Rua Coronel Quirino, 478, Cambuí - Campinas
Funcionamento: Todos os dias, das 6h30 às 21h30
Telefone: (19) 3254-6598

Unhas da vez. Ou seria do semestre?

Depois de muito tempo, olha eu aqui trazendo post de esmalte pra vocês.
Logo eu, que comecei nesse mundo de blog de beleza abordando esmalte!

Decidi fazer um compilado com as últimas cores usadas e suas características. Mas prometo voltar com as fotos mega lindas e todos os detalhes dos esmaltes, ok?

Bora conferir?

Esmalte 5 Cinco - Solange

O Solange é um esmalte roxo, da coleção que faz homenagem aos 50 anos da empresa 5 Cinco cosméticos. O mais bacana dessa leva é que todos fazem homenagem as funcionárias da fábrica, que está localizada no Sul.

Os micro vidrinhos são uma aposta certeira. Tamanho certo para usar e não enjoar! Além da qualidade que a gente já conhece e ama! Com uma camada já havia coberto perfeitamente. Como tenho TOC, passei duas. PS: sem extra brilho!

DNA Italy - Cereja

Aquele vermelho cereja divo! Essa coleção veio lá de feiras passadas e ainda é meu queridinho. Vermelho vivo e vibrante aposta certa pra quem curte a cor. Infelizmente eu só encontro a marca quando estou em feira em SP. Uma pena!

Dailus - Cinza Vinil
Outra cor que veio de feiras passadas - e que vai ser pra sempre o meu queridinho. Foi com ele que começou a minha paixão pelos esmaltes da Dailus e, definitivamente, compro mesmo!

A cor é camaleão - tem luz que puxa pro cinza, tem luz que puxa pro marrom, tem luz que fica meio vermelho. Mas é lindo! Sempre com duas mãos e sem extra brilho pq definitivamente não precisa!

Risqué - Vermelho Coca Cola
Eu nem sabia que a Coca tinha lançado uma marca de esmaltes (e muito menos com a Risqué) quando cheguei na manicure. Sim, uma vez na vida eu vou à manicure fazer as unhas... rs

Vermelho mais do que aberto, mas bonito. Chamativo, apesar de um pouco ralo. Manicure tem seu jeito né: duas mãos + extra brilho. Mas ficou ok. Eu ainda passaria mais uma, mas fui voto vencido. 

Sei lá, entre tantos vermelhos que existem no mundo esse não seria minha primeira opção de compra!

Dailus - Não Tô Disposta
Olha a Dailus aqui de novo! Quando digo que virou minha marca favorita de esmalte, é isso que eu tô falando. Paguei R$ 5,95 nessa belezura que tem a cor que é a cara da estação. Pra falar bem a verdade essa coleção "Lhamastê" toda tem cores divas - e eu quero todas!

Foram só duas mãos com esse brilho natural. A duração foi menor do que eu esperava, mas isso não importa. Vale o investimento! Seca rápido e esse tom vc não encontra por aí. Aposta certa!

Impala - Na Mira 3D
Quem lembra desse esmalte? Logo após a Impala lançar uma coleção ligeiramente holográfica (que infelizmente não caiu no gosto das brasileiras que gostam sempre da mesma coisa) eles decidiram lançar o glitter "Na Mira 3D".

Dessa vez ele veio reformulado, com mais pigmento holo e muito glitter de todas as cores. Uma pena que é absurdamente ralo e mesmo com 3 mãos ainda fica transparente. Dessa vez não teve jeito, tive que usar extrabrilho (não curto a textura de glitter). A parte boa? Dura fácil 1 semana!

Conta aí: qual seu favorito?