Sem Desperdício!: Dica de cinema: D.U.F.F.

Dica de cinema: D.U.F.F.




A dica de cinema dessa semana é sobre um filme popular no Netflix.

Sabe aquele dia que você não tá afim de se preocupar com nada? Cansou de romance muito cheio de frescura (nada contra, vocês sabem que eu amo Nicholas Sparks), não tá afim de comédias escrachadas (vocês também sabem que eu amo o Jim Carrey né?) mas quer algo leve, bem cara de adolescente!

D.U.F.F é um típico filme norte americano. A cultura deles é bem diferente da nossa, mas quem disse que a gente não gosta desses filmes colegiais? High School Music e As Apimentadas que o digam!



Sinopse

A jovem Bianca descobre um dia que foi escolhida pelas amigas de colégio como uma DUFF (Designated Ugly Fat Friend), ou seja uma amiga feia para que elas se pareçam ainda mais bonitas em comparação. Revoltada, Bianca pede a um atleta popular da escola para ajudá-la a melhorar o seu visual.

Minha opinião

O filme é um lançamento de 2015. Conta a história da "coitadinha" feinha que que no final vira a bonitona do colégio? Bom, quase! 

A protagonista, Bianca tem duas melhores amigas desde criança: uma loira e uma morena bonitonas. O trio, que sempre foi inseparável, se dá bem até que Bianca descobre ser uma DUFF.

Quem conta tudo é Wesley, vizinho de Bianca e atleta principal do time do colégio. Ele namora (ou namorava rs) a patricinha bonitona da escola, Madison e, apesar de amigo de Bianca desde criança, tem vergonha de estar com ela durante as aulas.

Bianca então entra em um acordo com o vizinho: lhe ajuda a não ser expulso do time da escola, ajudando nas aulas de química, e ele lhe dá conselhos para ser considerada "desejável" pelos meninos, em especial por Toby, seu amor platônico.



Apesar de parecer clássico (10 coisas que eu odeio em você? rs) a protagonista não muda completamente o seu jeito de ser. Ela tenta melhorar, do ponto de vista masculino, mas sem deixar seu lado DUFF. E não espere uma grande humilhação da vilã. O filme mostra como esse tipo de pessoa deve ser, enfim, ignorada.

Uma curiosidade: Ken Kong, o famoso chinês (ou seria japonês? rs) da sequência de "Se beber não case" participa do filme como um professor.

Confira o trailer!


Comentários do Facebook
0 Comentários do Blogger

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E aí você curtiu o post? Dê sua opinião!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *