Sem Desperdício!: Saúde: As Doenças mais Comuns nas Mulheres

Saúde: As Doenças mais Comuns nas Mulheres

Dia 8 de Março é comemorado o Dia internacional da Mulher e nessa data é exaltada toda a importância da figura feminina. Com isso, é importante lembrar: uma mulher feliz é uma mulher saudável!

Apesar de ser considerada o "sexo forte", as mulheres sofrem com diversas enfermidades. Vamos conhecer um pouco mais sobre elas?


Dor Menstrual

Se a dor menstrual é recorrente, o uso de chás pode ajudar a relaxar. Poucos dias antes do período menstrual e durante a menstruação, muitas mulheres muitas vezes sofrem de uma variedade de doenças. 

Dor abdominal espasmódica e retirada que se irradia para as costas, dor no peito e na cabeça, fadiga ou inquietação são as queixas mais comuns antes e durante a menstruação. 

Cerca de 10% das mulheres sofrem de tais sintomas dolorosos que elas acham difícil de fazer suas atividades diárias. Para um ou outro caminho para o médico para salvar a si mesmo, aqui estão algumas dicas úteis:

O segredo é relaxar: Ioga, meditação ou algum tipo de ginástica especial podem ajudar a aliviar o desconforto.

Vitaminas especiais também ajudam! O magnésio, que é encontrado em arroz, nozes, castanha ou legumes, pode ajudar a aliviar a dor preventivamente. A deficiência de ferro é manifestada através da fadiga e apatia. Lembrando que o ferro é encontrado nas carnes e no feijão.

Aromaterapia: Vários óleos essenciais - como a Juniper - podem auxiliar no bom humor.

Inflamação dos Ovários e das Trompas

A inflamação dos ovários ou das trompas afeta principalmente mulheres jovens e sexualmente ativas. A dor severa no abdômen, febre e corrimento vaginal, náuseas e até mesmo vômitos são alguns dos sintomas comuns. 

É importante ressaltar que se você tiver algum desses sintomas é necessário informar imediatamente um ginecologista. Se essa condição não for tratada a tempo, pode acarretar até mesmo a infertilidade.

Cistite

A cistite na bexiga é uma doença infecciosa, em que se caracteriza pela micção dolorosa. 

A maior parte afetada são as mulheres sexualmente ativas. No entanto, uma infecção da bexiga pode certamente se relacionar com meninas ou mulheres mais velhas. 

Geralmente, se o médico detectar uma cistite bacteriana, o tratamento é feito com antibióticos. Para a prevenção é muito importante tomar bastantes líquidos em forma de água ou chá de ervas sem açúcar.

Osteoporose

A osteoporose é uma doença óssea em que há uma redução da massa óssea e uma mudança na qualidade do osso.

Uma fratura repentina, que pode ser desencadeada por estresse baixo, muitas vezes fornece os primeiros sinais. 

A prevenção contra a perda óssea, no entanto, pode ser feita com o uso de vitaminas. A vitamina D, que é encontrado principalmente na carne, peixe, leite ovos deve ser incluída na sua dieta. Ela pode ser adquirida através do banho de sol (nos horários fora de perigo). Além disso, o fornecimento de cálcio é muito importante, e ele é encontrado principalmente em todos os produtos lácteos.

Excesso de Peso

A obesidade não é um problema exclusivamente feminino, mas é com certeza um dos problemas mais preocupantes, para a saúde e também estética. 

A obesidade traz consigo vários riscos como pressão alta, diabetes tipo 2, colesterol, inchaço e fadiga.

A má alimentação e o sedentarismo são alguns fatores que contribuem para a obesidade. Pesquisas já demonstraram que uma alimentação incorreta e a falta de atividade física aumenta os riscos de todas as doenças citadas acima. 

É importante ter um bom plano diário como uma boa dieta para emagrecer e a prática de exercícios para que a saúde feminina seja 100%.

Por Prof. Rosi Oliveira

Comentários do facebook
1 Comentários do Blogger

Um comentário:

  1. O Dia Da Mulher é uma data muito importante, por isso dicas para a saúde sempre cai bem.

    ResponderExcluir

E aí você curtiu o post? Dê sua opinião!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *