Sem Desperdício!: Conheça a escova certa para cada tipo de cabelo

Conheça a escova certa para cada tipo de cabelo

Apresentadas com bolinhas nas pontas, cerdas mistas, cabo de madeira, redondas, raquete, as escovas para cabelos são concebidas para um fim específico. Erra quem pensa que servem para mil e uma utilidades e que não ‘envelhecem’ com o uso. Escovar corretamente significa limpar os fios, além da possibilidade de uma modelagem personalizada com estilo.



técnica do segmento de Beleza da Condor, Marília Kikuchi, lembra que a lenda das 100 escovadelas por noite, como reza a antiga receita de beleza, tem sentido. "É uma forma de higienização, já que a sujeira é removida com as células mortas e os fios caídos", diz. A escovação promove a estimulação de óleos produzidos pelas glândulas sebáceas. Benefícios como hidratação, brilho, aspecto saudável, resistência à queda e ativação da circulação do couro cabeludo estão diretamente relacionados à prática. Segundo a cabeleireira e técnica da Condor, o mais importante é escolher o tipo certo de escova para cada cabelo. 

Dica da Expert:
- Cabelos lisos e com pouca ondulação o ideal é utilizar escovas com uma altura só com cerdas mistas e retas. 
- Crespos e bem enrolados a indicação é escovas com cerdas mistas e revestimento de alumínio ou cerâmica, com dupla altura ou as cerdas em diagonal. São ótimas opções para quem quer deixar os cabelos lisos e sem volume ou com cachos. Para desembaraçar os fios é indicado usar pentes de dentes largos. Cabelos oleosos devem ser desembaraçados com pentes de madeira e usar escovas de cerdas mistas. Para fios extremamente volumosos e que não estão fragilizados é fundamental escova com cerda sintética. Ideal para quem gosto do efeito chapado. 

Formatos e modelos

Escova redonda - são as mais comuns para alisar e modelar os cabelos, usadas também nos salões. As melhores são as que misturam cerdas naturais e sintéticas, pois ajudam a deixar os cabelos mais macios e brilhantes. O ideal é ter tamanhos diferentes em casa. Quanto mais curto o cabelo, menor o seu diâmetro. 
Escova raquete - ideal para escovar cabelos embaraçados e longos sem danificar. As de base almofadada e com bolinhas nas pontas dos pinos ainda proporcionam uma sensação agradável estimulando e massageando o couro cabeludo. Em alguns casos, a escova raquete é utilizada para secar os fios durante o procedimento da progressiva. Indicação: Carmim 9640 ou 9690.
Escova oval - estimula o couro cabeludo e auxilia na distribuição dos óleos naturais. Ideal para usar em cabelos mais finos. Ideal para desembaraçar as madeixas. 

Tipos de cerdas
Escova com bolinhas nas pontas - escovas com dupla altura proporcionam maior aderência ao cabelo. Alisam e modelam os fios. Ideal para tirar o volume dos cabelos e para massagear o couro cabeludo. 
Cerdas sintéticas e mistas - proporciona maior resistência para alisar e modelar, chapar os fios, distribuir a oleosidade natural das madeixas ao longo do dia, dar acabamento final e em formato "V" permitem melhor tração dos fios.



Dicas Especiais
Megahair ou alongamento - evite as escovas com bolinhas na ponta para não arrancar os fios presos com cola ou trançados.
Pressa na hora de secar - opte por escovas com base de metal, pois esse material acelera o processo de secagem, pois retém o calor do secador. "É importante tomar alguns cuidados antes de utilizar a prancha ou escova. É essencial passar produtos termoativados para potencializar os cuidados e realçar ainda mais a beleza dos cabelos. E para garantir a saúde capilar, deve-se realizar hidratações de 15 em 15 dias. Se o cabelo está muito ressecado, é importante associar outro processo para reconstrução dos fios. 

Atualmente, os ingredientes mais utilizados para hidratação dos cabelos são silicones, óleos vegetais e minerais, ceras, manteigas, glicerina, pantenol, aloe vera e vitaminas", explica Marília Kikuchi, técnica de beleza da Condor, líder na fabricação de escovas para cabelos. 

Cuidado ao desembaraçar - comece escovando dá raiz para as pontas do cabelo e vá delizando com delicadeza para não quebrar os fios. 

Cabelos com progressiva - se a progressiva já está aplicada seque com a escova almofadada raquete. Para fazer o procedimento no salão, o ideal são as escovas de madeira, sem revestimento de alumínio, com uma altura apenas, para não arrebentar os fios que já estão mais fragilizados devido à química. 



Comentários do facebook
2 Comentários do Blogger

2 comentários:

E aí você curtiu o post? Dê sua opinião!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *