Sem Desperdício!: Verão & óculos de sol – oftalmologista alerta para os perigos dos produtos de qualidade duvidosa

Verão & óculos de sol – oftalmologista alerta para os perigos dos produtos de qualidade duvidosa

Os óculos de sol fazem parte do visual das pessoas e, embora sejam lembrados apenas como acessório, sua função principal é proteger a visão. Facilmente encontrados em supermercados, quiosques, lojas femininas e camelôs por preços bem acessíveis, alguns óculos não oferecem a proteção necessária.

“É importante antes de comprar os óculos checar a procedência do produto. Não pode faltar: filtros contra raios ultravioletas (UVA e UVB), selo de qualidade, lentes com formato adequado, controle de garantia e certificação de bloqueio gama de radiação noviça. A função dos óculos de sol é proteger a superfície dos olhos e a retina da ação UV e trazer conforto, reduzindo a entrada de luz”, enfatiza Rachel Gomes, oftalmologista do Hospital de Olhos Paulista.



As réplicas, de acordo com Rachel, podem até ser bonitas, mas elas apresentam grau e desníveis nas lentes – o que pode causar tontura e mal estar. Além disso, por não terem  proteção adequada, esses óculos permitem passagem dos raios UVA e UVB que causam doenças graves, como câncer.

O uso de óculos de sol pode prevenir diversas doenças, como pterígio e o câncer de córnea, superfície ocular e pálpebras. Essas doenças acometem principalmente pessoas que trabalham expostas ao sol diariamente devem ter cuidado redobrado, reforçar a proteção solar com chapéu ou boné e filtro solar.

No momento da escolha dos óculos de sol, é recomendável dar preferência a itens que permitem uma boa visão de contraste, profundidade e que proporcione conforto. A cor das lentes é uma escolha pessoal. E, em caso de dúvida procure um oftalmologista.




Comentários do Facebook
0 Comentários do Blogger

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E aí você curtiu o post? Dê sua opinião!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *