Sem Desperdício!: Dica de Cinema: Godzilla

Dica de Cinema: Godzilla

Na terça-feira, dia 13 de maio, eu fui conferir a pré estreia para convidados do filme "Godzilla" no Shopping Galleria em Campinas.




A história

O filme começa no ano de 1999, quando um acidente em uma usina nuclear do Japão mata a esposa de Joe Brody (Bryan Cranston). Ele nunca aceitou a catástrofe e quinze anos depois continua remoendo o acontecido, tentando encontrar alguma explicação para a catástrofe não explicada. Ford Brody (Aaron Taylor-Johnson) o filho de Joe Brody, agora adulto, é soldado do exército americano anti bombas e vive longe do pai. Após seu pai ser preso tentando invadir a zona de quarentena do acidente, Ford volta ao Japão e descobre que os mesmos abalos sísmicos que mataram sua mãe estão acontecendo novamente. Ele é chave da história e precisa lutar desesperadamente para salvar a população mundial - e em especial sua família - dos monstros a solta.

Minha opinião

Eu sempre fui fã de Godzilla. Apesar das críticas negativas eu amei a versão americana. Estava completamente animada com essa versão, mesmo porque hoje posso ser mais crítica do que em 1998.

Pra mim o filme é superficial. Eu conferi uma sessão em 3D e confesso que, de certo modo, me decepcionei com a falta de efeitos 3D da película. História superficial, fatos inexplicados e uma péssima trilha sonora me deixaram desanimada.

Em muitos momentos você pensa: peraí, o que aconteceu com fulano? porque a cena tá acontecendo de noite só? e de dia, os monstros não atacam? 

O filme foca na história dos Mutos e não do monstro japonês. Sim, você leu certo. Dá pra contar nos dedos quantas vezes o Godzilla aparece. Os Mutos são criaturas que se alimentam de radioatividade e são do mau, a humanidade não consegue derrotá-los e cabe ao enorme mostro lutar contra eles. 



Exatamente! Godzilla não é o destruidor da humanidade, pelo contrário, ele é o salvador! No final você fica até feliz quando descobre que o enorme monstro não morreu! Ok. O monstro é enorme, destrói a cidade toda e mata muita gente. Mas se não fosse ele a coisa poderia ser pior e bye bye humanidade (ou pelo menos os EUA)!!!! 

Maior decepção: na "batalha final" entre Muto e Godzilla a cena é simplesmente cortada pra mostrar a família do herói do filme (que milagrosamente se salva de todas as catástrofes e sempre tá perseguindo os monstros, mesmo que sem querer). Eu não quero ver a mulherzinha chorando!! Quero ver prédio caindo, fogo pra todo lado, os dentes do Godzilla!!!!!

Curiosidades

- A mocinha do filme é irmã mais nova da Mary Kate e Ashley Olsen. 
- O pai do filme é o ator que ficou famoso com a série "Breaking Bad". 

Enfim, eu acredito que cada um tenha uma opinião diferente, por isso, confira e me conte a sua :)

O filme entra em cartaz hoje nos cinemas!




Comentários do Facebook
0 Comentários do Blogger

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E aí você curtiu o post? Dê sua opinião!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *